Liberdade de espírito

home    message    submit    archive    theme
©
Sou egocêntrica, impaciente, e um tanto insegura,
admito erros, não sou nada perfeita, meus sonhos eu os conquisto, da minha vida eu cuido, não duvido da minha capacidade vôo além dos meus limites, sempre acreditando em mim, não banco a boazinha e não espero que me entendam pois nem eu mesma me entendo as vezes... Sou mulher de aquário,fêmea, feliz.
posso ser o seu mas doce sonho ou sua mais cruel realidade...

Eu nao quero me perder de voce, nao mesmo, ja basta ficar sem te ver, e tão pouco ficar sen falar com voce…Mas eu entendo que nem tudo as vezes saii como a gente quer, e olha que ninguem te quis mais do que eu não com tanta paixão.Como eu fiquei feliz com voce, como o meu mundo ficou feliz desde que voce chegou, voce foi luz, foi paz, foi alegria incontida dentro de mim.
Que dias, e as noites….
Todas as melhores eu estive com voce, e agora ,agora mesmo aqui nesse instante, aqui falando de voce, eu sinto minha barriga dar um nó, é horrivel pensar em vc como algo que passou, e lembrar de todas aqelas palavras suas, “Me desculpa por qualquer coisa,mas nao podemos ficar mais juntos”
Então de agora em diante é assim, eu e voce separados, longe, sem sequer se ver? Eu nao sei e talvez nunca saberei se voce sequer pode entender o quanto isso me rasga por dentro
ME diz e cada um daqueles ‘euteamos’ e cada um daqueles sorrisos, e cada um daqueles seus beijos? Eu nao me enganei em nenhum deles, eu sei que nao, foram todos verdade, uma verdade que eu me apeguei com a minha vida, com meu corpo e com todo o meu amor…Eu me precipitei demais, viajei alto demais, me joguei de cabeça, porque me senti segura que voce estaria lá embaixo pra me resgatar, eu te amei com o amor mais puro, eu fiz de voce meu sonho, minha alegria, ignorei todas as placas de “PARE” , “DESVIE” e “PERIGO”.
Eu nao brinquei de amar voce, e jamais poderia sequer imaginar que entre eu e voce passaria desse jeito.
Eu sei que eu ainda vivo em voce   assim como voce tambem ainda vive em mim.

Luana, e meu drama