Liberdade de espírito

home    message    submit    archive    theme
©
Sou egocêntrica, impaciente, e um tanto insegura,
admito erros, não sou nada perfeita, meus sonhos eu os conquisto, da minha vida eu cuido, não duvido da minha capacidade vôo além dos meus limites, sempre acreditando em mim, não banco a boazinha e não espero que me entendam pois nem eu mesma me entendo as vezes... Sou mulher de aquário,fêmea, feliz.
posso ser o seu mas doce sonho ou sua mais cruel realidade...

Guardo um tipo de amor desses que devastam a vida. Que se amassa nas esquinas e grita mil desculpas no meio da avenida. Desses amores que fazem músicas ébrias com violões desafinados sempre que um término assola o peito.

Não tem jeito, sou desses que ama pra devastar a vida, pra marcar a memória. Que busca glória é no beijo roubado. Nunca fui do tipo que promete o céu e a felicidade constante; te prometo é que ao meu lado não haverá tédio nunca. Em nenhum instante.

[fábio chap]

"A despedida dói tanto
que o verbo partir
só deveria ser conjugado
se o sujeito voltasse.” -Eu me chamo Antônio.